in

Pais decidem refrigerar seu bebê, mesmo depois de MORTO! Entenda:

Um casal de ingleses Daniel Thompson, 30 anos e Georgina Wills, 27, decidiram continuar a gravidez, mesmo sabendo que o bebê não sobreviverá

O casal ficou muito feliz ao saber que seriam pais pela terceira vez. Mas a felicidade durou muito pouco, durante uma ultrassom, na 12ª semana de gestação, o casal descobre que o bebê tem uma doença rara chamada exencefalia, é quando o cérebro cresce fora do crânio.

“Ficamos chocado. Quando vamos fazer um ultrassom, esperamos que tudo esteja bem. Soubemos que alguma coisa estava errada, quando os médicos se mostraram hesitantes”, contou o pail, em entrevista ao Mirror.

Apenas da noticia triste, os pais decidiram que iriam levar a gestação até o final. “Pensamos sobre o impacto que o bebê teria sobre nós como uma família e tomamos a decisão de permitir que a natureza tome o seu curso. É claro que toda gravidez possui riscos, mas Georgie está feliz de dar ao bebê a possibilidade de lutar e deixar que ele ou ela decida quando partir”, concluiu o pai.

Berço refrigerado

Para que o bebê possa ser levado para casa, o casal precisa comprar um berço refrigerado, que custa, em média 1,690 libras, dinheiro que eles não possuiam, foi então que decidira, fazer uma vaquinha online no site Just Giving.

Depois, os pais pretendem doar o berço para um hospital, e assim ajudar outras famílias.

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Médica NEGA atendimento a criança porque chegou a atrasada a consulta: “criança morre”

Mãe da à luz a bebê de 6 Kg, de parto natural sem anestesia ” foi preciso chamar mais profissionais”