in

Filho de grávida que posou com 20 mil abelhas na barriga nasce morto

Emily Mueller, 33 anos, de Ohio, Estados Unidos, ficou famosa nas redes sociais por fazer uma série de fotos grávida e com mais de 20 mil abelhas na barriga. No entanto, uma triste notícia veio à tona nesta semana. O filho de Emily nasceu morto. Em um post no Facebook, a mulher desabafou e deu detalhes sobre como tudo aconteceu. Além disso, compartilhou fotos do menino.

“Muitas pessoas esperavam a chegada do nosso famoso e doce bebê que foi a estrela de uma sessão de fotos com abelhas. Jesus decidiu que ele precisava do próprio apicultor e o tirou de nós, levando Emersyn Jacob para o seu com ele”, escreveu a mãe.

Segundo Emily, que tem três outros filhos, ela percebeu que algo estava estranho quando não sentiu mais o bebê chutar. “Eu pensei que ele estava dormindo, mas o tempo foi passando e nada”, contou. Ao chegar no hospital, não era possível mais ouvir o coração do pequeno. “Nosso bebê estava morto. Ele nunca viria para casa conosco”, disse. Faltavam apenas seis dias para ela dar à luz.

“Cada detalhe daquele momento estará para sempre na minha mente e eu não paro de pensar nisso. O médico sentou ao meu lado e disse: ‘Seu bebê se foi’”, explicou Emily. Os médicos acreditam que o menino tenha morrido após um problema de coagulação. Após dar à luz ao garoto, os pais enviaram a placenta para testes e esperam a causa da morte.

Enquanto isso, a dor parece não ter fim. “Eu realmente esperava chegar em casa com ele e um sorriso”, desabafou a mãe por meio das redes sociais.

O ensaio com as abelhas foi feito em agosto. Segundo Emily os insetos fazem parte da vida dela, pois o marido toma conta de uma empresa de remoção desses bichos. “Muitas pessoas me achavam louca, mas estava confortável com elas”, disse à época.

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mãe usa macacão para dar recado: “Não deem doces a minha filha”

Menino pegou na irmã e pediu para a vizinha: ‘Você pode tomar conta de nos?